Posts Tagged ‘prototype

24
ago
09

[Review] [PROTOTYPE] – O nome não poderia ser mais perfeito

Alex Mercer - O Kratos Nova Iorquino

A algumas semanas atrás, me deparei com um jogo que eu queria muito por causa de vídeos: [PROTOTYPE], um jogo onde basicamente você é um cara com super poderes em Nova York e tem que ou matar todo mundo ou dilacerar todo mundo… e descobrir quem é você. Cara, como pode ser ruim?!

E não é.
Prototype conta a história de Alex Mercer: Um rapaz que acorda numa mesa de necrotério, sem saber quem é. É, o cara tava morto. Depois de fugir, ele percebe que suas habilidades são muito superiores às dos seres humanos normais: Ele pode pular muito alto, tem super força, super velocidade… e aí, vem a bomba: Quando ele mata alguém, ele pode “absorver” aquela pessoa, podendo depois se disfarçar como ela e absorver suas memórias.

Enquanto você faz suas descobertas sobre si mesmo, descobre também que a ilha de Manhattan está em quarentena: Um vírus mutante foi liberado, e o exército acha que você é um terrorista comedor de bebês estuprador Hannibal que fez tudo aquilo. Cabe a você descobrir o que aconteceu, qual a ligação dessa ameaça com um incidente parecido em Hope, Idaho, em 1969, e a maior pergunta de todas: Quem é você?

Essa é premissa de PROTOTYPE, um jogo que quase fez meu Xbox dar 3Rl. Vamos começar a review:

Eu esperava muita diversão do jogo, e não fiquei decepcionado! Você consegue realmente sentir como se fosse Alex. Você se liga ao personagem, sente como o personagem se sente… imagine um GTA, misturado com Homem-Aranha (os bons, não os idiotas), e depois coloque os poderes dos dois em um só cara. Você tem Alex Mercer.
Você começa com todos os seus poderes, e então somos apresentados a alguém encima de um telhado, e Alex vai contando sua história. E aliás, a história do jogo não é seu ponto forte: Claro, você fica vendo tudo se encaixar e tudo o mais, mas é uma premissa já muito usada. MAS CARAMBA, DESTRUIR NOVA YORK É DIVERTIDO PRA CARALHO!

Você VIBRA quando aparece isso.

Você VIBRA quando aparece isso.

O gameplay do jogo é engenhoso, mas antes que eu fale mais, deixe-me apresentá-lo ao sistema mais legal de memórias dos ultimos tempos: Falo da Web Of Intrigues, um sistema interessantíssimo que abusa do poder de consumir pessoas de Alex. É simples: Toda vez que uma pessoa sabe algo sobre você, aparece um símbolo de uma cabeça laranja com um cérebro em destaque. Você consome essa pessoa (STEALTH CONSUMES SÃO IRADAS. Pronto, disse.) e consegue sua memória. São aproximadamente 131 pessoas que você tem que consumir, desde chefões, pedestres, médicos, militares… qualquer um que souber algo sobre você. Fica viciante procurar por essas pessoas. Você para no meio de uma missão importante para absorver um ou dois que deram sopa.

Infelizmente, a câmera, que deveria ser sua amiga de todas as horas, não ajuda muito: O 3D é bem adaptável, a maioria vai gostar, mas o sistema de mira é PODRE. É aquele tipo que quando você quer fazer algo, ele faz outro. Você pode ter problemas se for fraco, mas tem uma hora no jogo onde você simplesmente pode apertar um botão para matar os inimigos.

Outra coisa: Eu podia ter terminado o jogo todo só esmagando botões. Eu gosto de jogos que me testam, que me fazem ver o melhor jeito para ir do ponto A ao ponto B, mas Prototype tem pouco disso. Só mesmo quando é uma missão para chutar bundas militares discretamente.

Semelhanças com Spider Man? Imagina.
Qualquer semelhança com Spider-Man deve ser intencional. Sério.

Depois de algumas horas de jogo, você já está entregue ao vício: Eu mesmo só parei no primeiro dia porque tinha aula de manhã. Alguns jogadores podem querer desligar o sangue, mas eu me divertia tanto que nem vi se tinha essa opção.

A reviravolta no fim me fez ficar ligadão, mas eu logo fiquei decepcionado: O ultimo chefão é fácil pra caramba, enquanto os outros eram altamente desafiadores. Não sei, pode ser porque eu já estava FULL POWER e já tinha um jogo todo atrás de mim, mas foi bem naquela de “Caramba, tudo isso pra matar esse cara?”. Mesmo assim, depois de jogar esse jogo, eu quero um PS3 pra jogar InFamous. Destruir Nova York se mostrou um vício.

Agora, algumas pessoas podem achar que esse tipo de jogo faz as crianças ficarem mais violentas e menos sociáveis. Bem, eu digo Fuck Them. Pular de um helicóptero e destruir uma rua é DIVERTIDO.

Essa cara de EU SOU FODA não cansa.

Essa cara de "EU SOU FODA" não cansa.

[PROTOTYPE] é um jogo que vale a pena, divertido, que você passa horas na frente da telinha da televisão jogando. O fator Replay não é tão grande, mas é bom pra passar o tempo. SNEAK IN APROVA!

Avaliação do Sneak In:

Jogabilidade: 7/10
Gráficos: 8/10
Trilha Sonora: 9/10
Diversão na primeira vez jogando: 9/10
Diversão nas próximas: 6/10
Prende a atenção do jogador: 7/10
Média: 8,4/10

PS: Alguém me arranja a Soundtrack do jogo? Alguém? Alô? Por favor?

Anúncios



setembro 2017
S T Q Q S S D
« jan    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Twitter